sábado , 4 dezembro 2021

Review Asus VivoBook 15 X512JP: bom desempenho e bateria aliado a portabilidade

Vivobook 15 X512JP é um notebook intermediário da Asus no Brasil voltado para produtividade. O produto tem processador Core i7 de décima geração da Intel e placa de vídeo GeForce MX330, da Nvidia, além de 16 GB de memória RAM. A tela é Full HD, tem 15,6 polegadas e que se destaca por ser um display NanoEdge, ocupando 88% de todo o espaço frontal. Trazendo 512 GB em SSD, o modelo está disponível por preços a partir de R$ 6.999.

Design
Segundo a Asus, o notebook foi feito pensado nos novos tempos de home office. Isso é perceptível pelo conforto da dobradiça ErgoLift, uma espécie de extensão do monitor que coloca o produto em um ângulo de 2º, tornando melhor para digitação. Essa pequena inclinação também ajuda na saída de áudio localizado na parte inferior. O som, inclusive, conta com a tecnologia Sonic Master, que não só promete, mas também entrega graves bem satisfatórios para quem gosta de usar os speakers do notebook.

No entanto, aqui vale ressaltar um ponto importante: se você comprar o laptop e achar o som um pouco baixo, é necessário acessar o programa AudioWizard. O programa próprio da Asus é uma recomendação da empresa para contornar o problema. Por ali, é possível aumentar o volume e ajustar graves e agudos de acordo com o seu tipo de uso no momento como jogos, filmes e música.

Com saídas de ar localizadas na parte de trás do computador, um ponto bem positivo é o sistema de refrigeração que consegue dar conta do recado inclusive em momentos de uso mais intenso. Disponível no Brasil apenas na cor prata, o notebook tem acabamento que não deixa as marcas de dedos perceptíveis, o que é interessante para quem não quer ficar limpando o aparelho a todo momento por conta do aspecto “sujo”.

Um grande destaque VivoBook 15 é o seu peso de apenas 1,75 kg. Compacto, o modelo é de fácil transporte e cabe facilmente em uma mochila sem adicionar muito peso ou ocupar muito espaço.

O modelo não tem teclado retroiluminado e, contando com letras na cor cinza, sua visualização é difícil e piora bastante em ambientes com um pouco menos de iluminação. Durante os testes, em diversos momentos foi necessário encontrar um ângulo ideal para digitar, o que tornou a experiência, nesse sentido, bem complicada. Infelizmente, a Asus não oferece modelos com teclas de outras cores no Brasil, com opções diferentes à venda apenas no mercado internacional.

Entre as interfaces disponíveis estão HDMI, USB 3.2 Tipo C e um Tipo A, duas entradas USB 2.0 e um slot para leitor de cartão microSD, alé de uma saía de áudio (3,5 mm). Para conexões sem fio, o notebook oferece Bluetooth 4.1 e Wi-Fi 5, que durante os testes, foi capaz de executar downloads com rapidez e estabilidade.

Tela
O display do Asus Vivobook 15 é um LED Full HD (1920 x 1080 pixels) com 15,6 polegadas e tecnologias TFT TN. A taxa de atualização de quadros é de 60 Hz e o display conta ainda com a tecnologia antirreflexo, que fez muita diferença durante os testes. Com o brilho no máximo, foi possível assistir filmes e séries em ambientes iluminados luz sem grandes problemas.

Chama a atenção as bordas NanoEdge que ocupam 88% da parte frontal da tela e deixam a moldura de apenas 5,7 mm quase imperceptível. Quanto à qualidade do que é exibido, as cores e contrastes são satisfatórios para uma tela Full HD, o que foi suficiente para consumir conteúdos e trabalhar.

Desempenho
O VivoBook 15 X512JP é a máquina mais poderosa da linha lançada no Brasil. O processador é um Intel Core i7 1065G7, de décima geração, além dos 16 GB DDR4 que acompanham esse modelo. Esse conjunto somado aos 512 GB de SSD PCIe Gen 3, faz com que a inicialização do sistema aconteça em um piscar de olhos e o seja uso muito fluído.

No dia a dia, editando documentos no Google Docs e assistindo filmes e séries em serviços de streaming como Netflix, o notebook funcionou sem problemas. Mesmo com o foco não sendo em jogos, o notebook conta com uma placa de vídeo Nvidia GeForce MX330. Nas horas de teste durante as partidas de Valorant, o produto não demonstrou nenhum tipo de travamento ou lentidão e rodou o game com maestria sem esquentar muito.

Saindo do entretenimento, o notebook também tem configurações ideais para usar programas de produtividade como Photoshop e o Illustrator. Para quem precisa de uma opção de equipamento para editar vídeos, é importante ficar atento aos 512 GB de armazenamento que podem se esgotar rapidamente.

Bateria
A bateria é um dos grandes destaques dessa linha de notebook que conta com duas células 37 Watts. Na prática, foi necessário 1h45 para a bateria sair de 1% até 100% e apenas 30 minutos para que a carga chegasse na metade.

Com o brilho no médio, abrindo algumas poucas abas no Google Chrome, assistindo episódios de séries e editando documentos, o notebook suportou 4h30 de atividades. Já com o uso em jogos, a bateria conseguiu aguentar 1h30 de funcionamento.

Preço e concorrentes

O VivoBook 15 X512JP pode ser encontrado no varejo nacional com preços a partir de R$ 6.999, de acordo com o Compare TechTudo. No mercado brasileiro, o Inspiron 14 5490, da Dell, e o Swift 3, da Acer, são seus principais rivais. Contando com processador Intel Core i7 de décima geração e os mesmos 16 GB de RAM, os produtos podem ser encontrados por pelo menos R$ 5.979 e R$ 6.951, respectivamente. Sendo assim, o notebook da Asus fica bem próximo na faixa de preço do que é oferecido pela concorrência.

Se comparado com o modelo da Dell, o VivoBook 15 ganha em poder de processamento, já que o modelo rival conta com uma placa de vídeo GeForce MX230, enquanto a Asus entrega uma GeForce MX330. No entanto, é importante destacar a presença de teclado retroiluminado no Inspiron 14 5490, algo muito importante para o uso em qualquer ambiente e que é a ausência mais significativa no Vivobook 15.

Conclusão
Apesar do desempenho não ser o foco da linha, o computador não deixa a desejar durante o uso. Alternar entre jogos, aplicativos e programas é uma tarefa fácil e sem nenhum problema, tornando a experiência com o Vivobook 15 X512JP algo muito agradável. Isso, somado ao acabamento elegante, são pontos positivos do notebook da Asus. A presença de um SSD de 512 GB consegue aliar o espaço e a velocidade desse novo tipo de armazenamento, fazendo o Windows iniciar em segundos.

A tela Full HD do modelo está longe de ser um grande destaque, mas promete ser o suficiente para assistir séries e filmes. A tecnologia antirreflexiva, presente no display, consegue dar conta quando o notebook está muito exposto à luz solar, possibilitando o uso em ambientes externos.

No entanto, o notebook tem como pontos negativos a dificuldade em visualizar as teclas dependendo do ângulo que é escolhido, um aspecto que pode incomodar muito durante o dia a dia. Além disso, a necessidade de usar um programa como o AudioWizard para conseguir uma qualidade minimamente agradável na reprodução pro alto-falante é algo, no mínimo, frustrante.

O preço de R$ 6.999 do modelo intermediário não é acessível. Isso, somado ao incômodo de teclas sem iluminação própria, pode decepcionar quem espera por uma máquina completa.


Bom desempenho mas teclado decepciona
O notebook conta com um design moderno, bordas reduzidas e um desempenho fluído. No entanto, teclas sem iluminação própria e necessidade de ajustes no som decepcionam.
Design
8
Imagem e som
8
Desempenho
9
Bateria
8

Verificar também

Notebook gamer: existem opções baratas?

Uma série de fatores elevou o preço dos eletrônicos e dos computadores no Brasil. Mas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *