quinta-feira , 22 outubro 2020

Core i9 9900K vs Core i9 10900K: compare os chips Intel top de linha

A Intel anunciou recentemente a chegada dos novos processadores de 10ª geração para desktop, apresentando o Core i9 10900K como o “mais rápido do mundo para jogos”. O sucessor do Core i9 9900K, octa-core de até 5 GHz de velocidade, traz mais núcleos e threads (10 e 20, respectivamente), além de chegar aos 5,3 GHz. Ambos têm arquitetura de 14 nm e oferecem a mesma solução gráfica, a Intel UHD Graphics 630.

O chip lançado em 2018 custa R$ 2.731 no site oficial da marca, enquanto o modelo mais recente ainda não tem preço definido no Brasil, mas aparece por US$ 488 nas lojas dos Estados Unidos, aproximadamente R$ 2.628 em conversão direta, sem impostos. Compare as duas CPUs top de linha da Intel e saiba qual delas é melhor para seu PC.

Especificações
O Intel Core i9 9900K é um octa-core com 16 threads que atua com frequências entre 3,6 e 5 GHz. Esses números são suficientes para rodar diferentes tipos de jogos, mesmo que games não tenham tanto benefício com número maior de núcleos. Apesar disso, a possibilidade de trabalhar em mais frentes pode favorecer o stream de partidas e também facilitar a vida de profissionais de design na hora de renderizar conteúdos, por exemplo.


Portanto, o Core i9 10900K, leva vantagem nesse sentido, contando com dois núcleos a mais (10) e também mais threads (20), além de chegar a taxas de transferência de 5,3 GHz. Segundo a Intel, o processador é o mais rápido do mundo para jogar, sendo indicado para PCs gamer de alta performance.

Performance
Os dois modelos devem oferecer alta performance, independente do tipo de uso. Com o grande número de núcleos e threads, além das frequências elevadas, os chips Intel prometem boa taxas de quadros em games, aproveitando o máximo de qualquer placa de vídeo no mercado.

O Intel Core i9 9900K possui 16 MB de cache, enquanto o processador de décima geração traz 20 MB de cache e suporte a memórias RAM mais velozes. Em ambos os casos, a solução de vídeo é a Intel UHD Graphics 630, com 1,2 GHz, que pode decepcionar na hora de rodar jogos em geral. Vale lembrar que, entre os chips de 10ª geração para portáteis, a Intel lançou a linha Ice Lake com uma nova placa integrada, a Iris Plus, que promete alto desempenho até mesmo para jogar.

Consumo
No consumo a diferença pode ser bem perceptível, já que o TDP subiu de 95 Watts para 125 Watts no novo modelo. Dessa forma, o computador precisa de uma fonte mais potente, considerando que o sistema provavelmente ainda vai precisar dar conta de uma GPU dedicada top de linha. A diferença se deve, sobretudo, ao aumento das frequências, já que o Core i9 10900K ganhou cerca de 300 MHz a mais. Vale lembrar que as CPUs com sufixo “K” são desbloqueadas para overclock, o que deve entregar ainda maior performance – e, consequentemente, aumentar o consumo.

Uma novidade do chip mais recente é a função de TDP configurável nativo, permitindo ajustar o número para os 95 Watts. Essa prática economiza energia, mas impacta também o clock base do produto, que passa a ser de 3,3 GHz.

Recursos
Como são processadores recentes e de mesma litografia, os modelos possuem diversos recursos parecidos. Ambos têm suporte às memorias Intel Optane, recurso Turbo Boost 2.0 e Hyper-Threading. Além disso, os dois têm overclock desbloqueado, o que acaba sendo uma vantagem para o Core i9 9900K, que pode chegar a níveis próximos aos do Core i9 10900K.

Preço e custo-benefício
No site da Intel, apenas o Core i9 9900K aparece com preço disponível, custando R$ 2.731,16. O modelo de nona geração também pode ser encontrado em diversas lojas do varejo nacional. Já o Core i9 10900K ainda não está à venda de forma oficial no Brasil. No mercado dos Estados Unidos, o processador aparece por US$ 488, valor equivalente a R$ 2.628, sem considerar impostos e possíveis taxas.

Em qualquer um dos casos, o PC vai ganhar um bom desempenho e suporte a praticamente todas as tecnologias mais recentes do mercado. Para games, o usuário pode esperar bom fps e alta qualidade para stream das partidas em segundo plano. Quem trabalha com produtividade também deve ganhar um bom aliado para rodar diferentes programas ao mesmo tempo, já que softwares que utilizam mais núcleos têm ao menos 16 threads à disposição. O Core i9 9900K, por já estar à venda no Brasil, pode ser suficiente e, com alguns ajustes, deve trazer desempenho semelhante ao prometido pelo Core i9 10900K.

Ficha técnica Intel Core i9 9900K e Intel Core i9 10900K

Especificações Intel Core i9 9900K Intel Core i9 10900K
Lançamento 2018 2020
Preço no Brasil a partir de R$ 2.731 não informado
Socket FCLGA1151 FCLGA1200
Núcleos/threads 8/16 10/20
Frequência base 3,6 GHz 3,7 GHz
Frequência turbo boost 5 GHz 5,3 GHz
Suporte a overclock Sim Sim
Cache 16 MB 20 MB
Vídeo integrado Intel UHD Graphics 630 Intel UHD Graphics 630
Suporte Intel Optane Sim Sim
TDP 95 Watts 125 Watts

 

Verificar também

iOS 14: cinco configurações que você deve mudar no seu iPhone

O novo iOS 14 trouxe funções inéditas para os iPhones, como os widgets, a Biblioteca …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *